Clube do Bolinha

Olá galera! Bem vindos vocês, bem vindo eu.

Esse é o post de estreia do semanal “Clube do Bolinha” no Blog Geração Touch. Pois bem, nome sugestivo para alguns, talvez não tão claro para outros, afinal, do que se trata esse tal “Clube do Bolinha” e quem está por trás dessa coluna?

Como diria Jason Voorhees, de Sexta Feira 13 (se ele falasse), vamos por partes…

Clube do Bolinha, mais antes do que agora, era como chamávamos os grupos de meninos ou homens, com suas conversas peculiares, recheadas de assuntos muitas vezes desconhecidos pelas mulheres. O termo do clube tem inspiração no fictício clube onde o personagem Bolinha e seus amigos, das histórias de Luluzinha, se reuniam e conversavam sobre assuntos que as meninas da turma não tinham acesso, apesar de estarem sempre muito curiosas.

The Fellers ou Clube do Bolinha
No Clube do Bolinha, não é permitido o acesso das garotas (será?)

E quem sou eu afinal? Meu nome é Fabio São Pedro, e tenho um blog chamado de Limbo Reverso. Lá eu compartilho notícias sobre o universo geek, desde filmes, séries, passando por quadrinhos, games e livros.

Então, essa equipe única que compõe o Blog Geração Touch me convidou para bater um papo com vocês, a cada sábado, sobre o universo masculino, sobre as “coisas de homem”, como alguns costumam chamar.

É bom deixar claro que vamos falar sobre o universo masculino, evitando qualquer discriminação por gênero, opção, raça, religião. Com certeza não estou aqui para criar conceitos ou pretender a solução de problemas. O que quero compartilhar com vocês são os assuntos que envolvem o dia-a-dia dos homens, desde nossos passatempos, manias, e outras questões que nos rodeiam, nos inspiram, nos preocupam.

As redes sociais têm trazido debates sobre o comportamento do homem, em relação à família, dentro dos relacionamentos amorosos, no trabalho, nas festas. E você homem, cara, brother, meu irmão, onde se situa no meio de tudo isso? Você que curte assistir o futebol, ou não! Curte paquerar, ou prefere ficar na sua. Curte balada, ou prefere as coisas do campo. Esportes radicais talvez? Ou um bom game online! Curte tocar piano, ler um livro, sambar, dormir, conversar, meditar…

Enfim, quero compartilhar com você o que penso sobre nossa dimensão masculina e gostaria de saber também o que você pensa, quais suas certezas, seus anseios, suas dúvidas. Quem sabe criemos mais dúvidas nesse espaço (se bem que esse também não é o objetivo principal hahaha), ou quem sabe nossos bate papos possam provocar o pensar, a discussão sobre muitos temas, desde os mais espinhosos até aqueles mais leves.

Rodrigo Hilbert crochê

A imagem acima incomoda? Por falar em assuntos mais espinhosos no universo masculino, dizem por ai que o ator global Rodrigo Hilbert criou um novo patamar de “macho alfa”, o nível “homão da porra”, e tem muito homem tremendo na base com isso. Afinal, o que será dos homens comuns? Teremos nossa masculinidade ameaçada? Esse assunto tem sido debatido das formas mais diversas dentro das redes sociais, mas vamos ter nosso momento de conversar sobre isso na próxima semana. Então aguardem e acompanhem!

Grande abraço!

 

fabio

8 comentários em “Clube do Bolinha”

  1. Rodrigo é homão da porra ❤ Mas vale sempre lembrar que ele não faz mais que a obrigação… Não sei se dá pra entender, não é bem obrigação, mas existem coisas que enaltecem tanto por ele fazer e por ser um homem fazendo, quando na verdade é algo comum, que poderia ser feito por qualquer um, que uma mulher faz diariamente, entende? Adorei o post! E já tô vendo que vou adorar essa coluna!

    Curtir

  2. Estou ansiosa pelos assuntos que serão discutidos aqui.
    Acho que o Rodrigo Hilbert reflete as mudanças que nossa sociedade vem sofrendo (pra melhor é claro), cada dia que passa será mais comum (tenho fé, ouvi amém?) homens desenvolvendo atividades que até então eram vistas como “coisas de mulher” (o que é um grande erro) e mulheres desenvolvendo atividades vistas como masculinas. Porque não homem trabalhar com corte e costura? Não gostar de futebol, preferir vinho à cerveja? E porque não mulher gostar de cerveja, dirigir um caminhão e ser campeã de MMA? Que venham as mudanças e os debates saudáveis \o/

    Curtir

  3. Ahhhh como é lindo ver um homem fazendo a obrigação dele como pai, marido e ser humano. Uma das coisas que mais me chama atenção e as pessoas chamarem ele de homão por realizar aquilo que deveria ser obrigação de todos. Vamos construir uma legião de homãos que pensam fora da caixinha ❤

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s