Rock in Rio: Música e Comportamento

Olá Geração!!!

Essa semana está animada, o Rock in Rio está no ar, enchendo nossa vida de som, estilo, diversão e cultura.

O tema por aqui hoje é sobre a alma principal do festival, o que faz dele existir e arrepiar do dedão do pé até o fio do nosso cabelo: A Música.

Música é arte, é expressão de pensamento, sentimento a flor da pele e é estilo de vida.

Pasmem-se a música está presente na nossa existência desde a origem dos tempos, Platão, em sua época, já reconhecia seu efeito no comportamento humano.

rirusa2015_0515_150848-9019_alivecoverage
Imagem: Reprodução

Ela faz parte de nossas vidas de todas as formas e em todas as culturas, seja para celebrar, louvar, protestar ou apenas por diversão, ela atinge todos os gostos e todas as idades, marca fatos da história e reúne e move gerações.

A música tem efeitos terapêuticos, cura, relaxa, causa emoção, descreve sentimentos, motiva, traz fé, dá coragem, estimula o aprendizado, ela é cultura, é forma de protesto, revolução, demonstra valores, revolta, amor, liberdade e diversão.

Música descreve e transparece o que é a vida.

Festivais de música são a vitrine do comportamento de uma geração, lembram-se de Woodstock e as pessoas transpirando liberdade, paz e amor ou mesmo do primeiro Rock in Rio milhares de jovens enlamaçados vomitando a vontade de liberdade de expressão e a ânsia por uma nova era?

Imagem: Reprodução

 

Eventos como esse deixam marcados a cara e o comportamento de quem passa por ali. É nítida a noção de simbiose entre o festival e o comportamento da geração presente, um molda o outro constantemente.

Quando lembrados, um será o outro e o outro será o um eternamente.

O festival de música é marcado por quem está ali naquele exato momento e quem está ali será marcado pelo festival do mesmo modo, pois a música enlaça a alma e muda sua percepção de vida para sempre.

Imagem Reprodução

 

Tive o prazer de estar por duas vezes Rock in Rio e tenho essa experiência cravada para sempre na minha memória e com certeza esses dois dias de êxtase musical ajudou a me moldar como ser humano.

Vi o espírito agregador que a música traz, vi crianças, grávidas, adolescentes, homens e mulheres de escolhas sexuais, raças e credos das mais variadas cantando a uma só voz, vi a maneira das pessoas se vestirem, se comportarem, se expressarem, vi minha cara na música e a música viu minha cara.

Bom Geração, aumente o volume e viva mais um marco do comportamento humano na história.

Até Terça que vem,

Ju Pass

ju p

Foto de Capa: Reprodução

3 comentários em “Rock in Rio: Música e Comportamento”

  1. Só pra constar Woodstock = meu sonho ♥ e já to toda animada porque to sabendo que vem uma edição especial de 50 anos em 2019 :O
    Jú eu sou uma pessoa movida a músicas hahaha
    Não sou daquelas que canta bem pra caramba e nem sei tocar instrumentos, mas ouço música praticamente o dia todo.
    Eu ainda não tive o prazer de estar no Rock In Rio, mas há planos hahahaha
    Amei o post :*

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s